Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.

Notícias

Aplicação WEBSIG - Plantas de localização

No contexto atual, marcado pelas particulares exigências e restrições decorrentes do condicionamento do atendimento público presencial e de trabalho à distância, a CCDR Alentejo promoveu a disponibilização de uma aplicação, de acesso universal e gratuito, que permite aos técnicos, às empresas e à população em geral, aceder de forma fácil e intuitiva, a um conjunto de temas de informação geográfica mais diretamente relacionada com as suas atribuições.

Clique na imagem para saber mais

Formulário de contacto geral

No contexto da pandemia COVID-19, o contacto com os serviços da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo é efetuado por via eletrónica ou por via telefónica.

Os contactos disponíveis em Évora, Beja, Portalegre e Santo André serão mostrados no formulário.

Clique na imagem para aceder ao formulário

A partir de hoje a Georreferenciação dos Órgãos de Comunicação Social do Alentejo encontra-se disponível e atualizada, fruto do trabalho desenvolvido em conjunto pelo Gabinete do Sistema de Informação Geográfica (GABSIG), Gabinete de Incentivos do Estado à Comunicação Social (GICS) e Serviços de Informática. Todos os Órgãos de Comunicação Social (OCS) regionais e locais do Alentejo encontram-se georreferenciados no nosso site em http://giserver.ccdr-a.gov.pt/portal/apps/webappviewer/index.html?id=107f3b57aa5f44c39f5c1c57624b7712.

A georreferenciação respeita a todos os OCS do Alentejo, com registo na Entidade Reguladora Para a Comunicação Social (ERC) à data de agosto de 2019, e contém informação dos cartões emitidos às entidades proprietárias ou editoras de publicações periódicas e dos projetos aprovados/candidatados no âmbito do Regime de Incentivos do Estado à Comunicação Social.

Nota: O GICS já tinha anteriormente disponibilizado entre o final de 2017 e junho de 2018 a Georreferenciação dos OCS do Alentejo, altura em que as regras do Google foram alteradas e esta informação deixou de estar acessível.

Aceleradora de Ideias em Serviços Públicos 2020 | Candidaturas até 4 de setembro

 

O tema desta primeira edição é a criação de ambientes de trabalho inovadores.

A Aceleradora de Ideias em Serviços Públicos visa o desenvolvimento rápido de novas ideias, propostas por equipas de trabalhadores e dirigentes da administração pública, que tenham como objetivo inovar nos serviços públicos.

As ideias apresentadas pelas equipas são avaliadas e selecionadas por um júri. As seis ideias com melhor avaliação são integradas e apoiadas no Programa da Aceleradora de Ideias em Serviços Públicos.

As candidaturas estão abertas até ao dia 4 de setembro.

 

Para mais informações, contacte o INA:  Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..

 

(Divulgado por AD&C)

CAMPANHA “ VERÃO e COVID-19”

 

Recomendações Gerais.

A Direção Geral de Saúde recomenda, face à pandemia e ao período sazonal que vivemos:

Produtos de comunicação (acessíveis através deste link) com nova imagem e spots de rádio da Campanha “Verão e COVID-19”.

 

 Mais informação pode ser obtida na página da Direção-Geral da Saúde ou através do SNS24, 808 24 24 24.

 

Rota Vicentina apela à co-responsabilização dos seus visitantes

Neste Verão de 2020, em que Portugal enfrenta sérios constrangimentos à forma como viaja, é com surpresa e uma profunda satisfação que a Rota Vicentina testemunha tão grande interesse e adesão aos trilhos pedestres e ciciáveis e ao usufruto do magnífico Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina por parte dos portugueses, bem como de alguns turistas estrangeiros que continuam a chegar.

É, no entanto, com forte preocupação que os habitantes locais constatam uma crescente tendência do campismo e caravanismo selvagem nas falésias e praias da região, parqueamento abusivo em parques de estacionamento urbanos e das próprias praias, terrenos privados e áreas onde a sua circulação é inclusive proibida, com as respectivas consequências ao nível de impactos paisagísticos, ambientais e sociais.

Entendendo que cada um acredita na sua pegada-zero, a realidade é que a dimensão do fenómeno já ultrapassou há muito a real capacidade de carga da região, e passou a ser frequente encontrar lixo e dejectos humanos ao longo da costa.

A sustentabilidade é a grande motivação do trabalho desta Associação de agentes e habitantes locais, por isso a Rota Vicentina lança esta semana um apelo concreto à co-responsabilização dos visitantes a esta região, através de uma nota de imprensa a toda a comunicação social e a reactivação de uma campanha de comunicação nas suas redes sociais.

Esperamos que possa assumir também o compromisso da partilha desta mensagem, para que os comportamentos daqueles que nos visitam sejam mais conscientes e para que esta costa tão selvagem assim possa permanecer por muitos anos.

Dia Internacional da Juventude 2020 | 12 de agosto

 

A 12 de agosto, celebra-se o Dia Internacional da Juventude. Este ano com o tema “Compromisso da Juventude para a Ação Global”, que convida os/as jovens a comemorar e integrar as suas vozes, ações e iniciativas, bem como, a defender o seu envolvimento pleno, universal e equitativo para enfrentar os desafios que a humanidade enfrenta.

O objetivo é esclarecer a necessidade de envolver os/as jovens, tornando as instituições locais, nacionais e globais mais inclusivas, de forma a fortalecer a sua capacidade e relevância para alcançar uma ação global.

Assim, no dia 12 de agosto, serão promovidas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), pelo Conselho Nacional da Juventude e pela Federação Nacional das Associações Juvenis, ações de sensibilização sobre sustentabilidade ambiental, através do envolvimento de mais de 3000 jovens voluntários/as na limpeza de 35 praias, por todo o país. 

Atualmente, existem cerca de 1.8 mil milhões de jovens entre os 10 e os 24 anos de idade, cerca de um quarto da população mundial, e torna-se, por isso, imprescindível realçar a importância da juventude para o progresso da sociedade e para o urgente combate ao flagelo das alterações climáticas.

 

Fonte: IPDJ/MC

Abertura de candidaturas ao Prémio IPPS – ISCTE das Políticas Públicas 2020; “Resposta à pandemia Covid-19”

De acordo com a informação divulgada pelo ISCTE:

“Esta iniciativa visa reconhecer as políticas públicas mais relevantes adotadas no último ano em Portugal, nomeadamente aquelas que visaram combater a pandemia COVID-19 e os seus efeitos sociais, económicos, educativos e culturais. Nesta segunda edição do prémio apenas serão elegíveis políticas neste domínio.

 

As políticas são analisadas tendo em conta a relevância dos problemas que visam resolver, a qualidade dos processos de conceção, implementação, acompanhamento e avaliação, bem como os resultados obtidos ou expectáveis.

 

O prémio é atribuído em duas categorias distintas:

  • Políticas públicas adotadas pela administração central do Estado e pelos institutos públicos;
  • Políticas públicas adotadas pela administração local ou entidades públicas cujo âmbito de ação é local tais como escolas, centros de saúde, entre outros.”

 

O concurso estará aberto até ao dia 06 de outubro de 2020, e poderão consultar mais informações e aceder à documentação da candidatura AQUI.

Nova Aplicação STAYAWAY COVID

Nova Aplicação STAYAWAY COVID

STAYAWAY COVID é uma aplicação, disponível nos sistemas operativos «iOS» ou «Android», que utiliza como sensor de proximidade a tecnologia «Bluetooth Low Energy» e notifica os utilizadores da exposição individual a fatores de contágio por SARS-CoV-2, decorrente de contacto com utilizador da aplicação a quem posteriormente tenha sido diagnosticada a doença  COVID-19, funcionando como um instrumento complementar e voluntário de resposta à situação epidemiológica pelo reforço da identificação de contactos.

O sistema foi desenvolvido pelo Instituto de Engenharia de Sistemas de Computadores, Ciência e Tecnologia (INESC TEC), em parceria com o Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP) e as empresas Keyruptive e Ubirider, no âmbito da Iniciativa Nacional em Competências Digitais INCoDe.2030.

Comissão Nacional de Proteção de Dados, na sua avaliação de impacto sobre a proteção de dados, recomendou que fosse dado enquadramento legal a alguns dos aspetos respeitantes ao seu funcionamento.

decreto-lei que estabelece o responsável pelo tratamento dos dados e que regula a intervenção do profissional de saúde no sistema STAYAWAY COVID vem estabelecer a obrigatoriedade de o STAYAWAY COVID respeitar a legislação e a regulamentação sobre proteção de dados e sobre cibersegurança, e determina que a Direção-Geral da Saúde (DGS) é a autoridade gestora do sistema, sendo responsável pelo tratamento de dados para efeitos da legislação europeia e nacional aplicável à proteção de dados pessoais.

Candidate-se ao Prémio CESE para a Solidariedade Civil

CESE - Comité Económico e Social Europeu, lançou um Prémio para a Solidariedade Civil, que recompensa as iniciativas empreendidas por indivíduos, organizações da sociedade civil e empresas privadas na União Europeia e no Reino Unido para combater a COVID-19 e atenuar os seus efeitos devastadores.

 

O CESE atribuirá até 29 prémios no valor de 10 000 euros cada e haverá 27 prémios para projetos executados nos Estados-Membros, um para uma candidatura do Reino Unido e um para um projeto de natureza transfronteiriça ou europeia.

  

Prémio para a Solidariedade Civil, um prémio de edição única que substitui o habitual Prémio CESE para a Sociedade Civil, galardoará as iniciativas que tenham dado um contributo notável para o combate à situação de emergência provocada pela COVID-19 e às suas múltiplas consequências, reforçando assim a solidariedade europeia.

 

Com este prémio, o CESE tenciona homenagear todas as pessoas que lutaram contra o coronavírus, demonstrando coragem, empenho e um extraordinário sentido de responsabilidade.

 

Para poderem participar, os candidatos devem residir ou estar estabelecidos na União Europeia ou no Reino Unido.

 

Embora o Reino Unido esteja agora a sair da UE, o CESE, ao incluir candidatos oriundos deste antigo Estado-Membro entre os elegíveis para a atribuição do prémio, quer demonstrar que não tenciona romper os laços com a sociedade civil deste antigo Estado-Membro e que, pelo contrário, pretende manter relações próximas.

 

prazo para a apresentação de candidaturas decorre até 30 de setembro de 2020, às 12 horas.

 

A cerimónia de entrega dos prémios realiza-se em janeiro de 2021, durante a reunião plenária do CESE, em Bruxelas.

 

Saiba tudo sobre o Prémio CESE para a Solidariedade Civil.

Subcategorias