Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.

Notícias

Hoje é o Dia da Cooperação Europeia

Comemora-se hoje, 21 de setembro, o Dia da Cooperação Europeia. Mas por que se celebra a Cooperação?

A Europa é uma mistura de culturas e economias que precisam se entender para atingir seu potencial máximo. Por este motivo, a União Europeia (UE) incentiva a cooperação de diferentes formas.

Uma delas é através dos Programas de Cooperação Territorial Europeia, que destinam mais de 10 bilhões de euros para que as regiões trabalhem juntas em desafios comuns: Adaptação Climática, Inclusão Social, Migração...

Como isso é feito na prática? Através de projetos envolvendo regiões de toda a Europa e países vizinhos, que ajudaram a aumentar a compreensão cultural e superar as disparidades económicas entre os territórios.

Não acha que este é um bom motivo para comemorar?

A campanha ‘Dia Europeu da Cooperação’, serve também para lembrar aos cidadãos que muitas coisas boas acontecem quando se juntam forças.

Nas edições anteriores, as pessoas pedalaram, cantaram juntas, comeram juntas e, em geral, se divertiram na companhia umas das outras em centenas de eventos organizados por programas de cooperação da UE em mais de 30 países.
 

 

 


Todos se podem juntar a esta celebração. Em setembro, muitos EVENTOS são organizados em diferentes regiões da Europa para comemorar os benefícios da cooperação: festivais de cinema, concertos, corridas de corrida, mercados locais, feiras gastronômicas ... e muito mais!

Encontre um EVENTO na sua cidade ou nas proximidades e comemore o Dia da Cooperação Europeia.

PROGRAMA BAIRROS SAUDÁVEIS. Sessão de esclarecimento, dia 24 de setembro, Alentejo e Algarve

 
Dirigida às Regiões do Alentejo e Algarve
24-09-2020
 

Esta sessão de esclarecimento é feita on-line, com painel e convidados, e transmitida em directo através do facebook do Programa, onde todos os interessados poderão acompanhar a sessão e colocar preguntas ao painel.

O formato inclui uma primeira parte, a cargo do painel, seguida de debate e resposta às questões do público. A sessão ficará gravada.

PROGRAMA REPOR

 

Foi aprovada esta quinta-feira, em reunião do Conselho de Ministros, a terceira alteração ao Decreto-Lei n.º 135-B/2017, de 3 de novembro, que criou o Sistema de Apoio à Reposição da Competitividade e Capacidades Produtivas (Programa REPOR) na sequência dos incêndios de grandes dimensões de 15 de outubro de 2017, que afetaram severamente vários concelhos das regiões Centro e Norte do país.

Graças a esta alteração, será alargado, no máximo até 31 de dezembro de 2021, o prazo permitido para a conclusão dos projetos de investimento que tenham sido afetados pela situação epidemiológica da doença COVID-19. A extensão do prazo fica dependente da apresentação de um pedido fundamentado pelo beneficiário e da posterior autorização da respetiva Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR).

Este alargamento vai permitir que os beneficiários possam concluir os seus projetos e restabelecer, com os apoios do Programa REPOR, as condições da respetiva atividade económica na sua plenitude.

CONSELHO REGIONAL DA CCDR ALENTEJO APROVA “ESTRATÉGIA REGIONAL 2030”

Reunião Conselho Regional

 

O Conselho Regional da CCDR Alentejo aprovou em reunião extraordinária, na passada segunda feira dia 14 de setembro o documento de orientação estratégica no horizonte 2030: “A Estratégia Regional do Alentejo 2030”.
A reunião, que decorreu no auditório da CCDRA, em Évora, contou com a presença para além dos membros do Conselho Regional, da Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa e do Secretário de Estado Adjunto e do Desenvolvimento Regional, Carlos Miguel.
A Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, considerou que o documento aprovado reflete o sentir da região, que a distingue de todas as outras.
Ana Abrunhosa referiu ainda que foi aprovado um documento dinâmico, e que agora o que é importante é que se passe “da estratégia aos vários programas de ação e aos projetos porque só a execução é que de facto resolve e altera os problemas da região".
Na sua intervenção Roberto Pereira Grilo, Presidente da CCDR Alentejo referiu que a Estratégia Regional Alentejo 2030 é o resultado de um trabalho de colaboração entre os diversos stakeholders que através dos seus contributos permitiram chegar a um documento que “procura contribuir para a construção de respostas a um conjunto de desafios que persistem, com intensidades distintas”, isto apesar “ do trabalho realizado e dos resultados de um ciclo de intervenção de políticas públicas e de investimentos dos municípios, das empresas e das associações”.
A aprovação do documento por parte dos Conselheiros foi motivo de satisfação para Roberto Grilo, que realçou o relevante papel da CCDRA e dos seus parceiros, nos trabalhos de preparação de um novo ciclo de desenvolvimento regional, sempre balizado por referências de planeamento e programação a nível europeu e nacional.

O processo da sua elaboração, enquanto instrumento da região (e não apenas para a região), disse, exigirá de todos os atores o sentido crítico que motiva as expetativas de correções ou novas dinâmicas, recorrendo à capacidade e solidariedade coletivas de uma visão estratégica regional.
Referiu ainda, na sua intervenção, a liderança da CCDR, em interação próxima com o Conselho Regional e os seus membros, na dinamização, desde o início e em diversos momentos-chave, da participação dos parceiros económicos, sociais e territoriais da Região.
Este importante documento “resulta de uma participação empenhada e tecnicamente qualificada” e representa uma “plataforma de entendimento e responsabilização da região no que se refere ao futuro a médio prazo”.
Sendo um documento dinâmico vai ainda melhorar, mas o “princípio de convergência no planeamento estratégico a médio prazo aponta aquele que é o caminho que se pretende para uma região, no caso do Alentejo, fazendo dele notar que há especificidades dentro da própria região Alentejo que é preciso manter e que acabam por ser um garante da sua identidade como tal.

 

Reunião Conselho Regional

Boletim n.º 38, Alentejo Hoje - Políticas Públicas e Desenvolvimento Regional

 

Com a edição do nº 38 do Boletim Trimestral - "Alentejo Hoje - Políticas Públicas e Desenvolvimento Regional", damos continuidade à divulgação de informação em temáticas relevantes e oportunas para a reflexão, a prospetiva e a avaliação do desenvolvimento da Região e dos instrumentos de política pública que o concretizam, contribuindo também assim para o enriquecimento do debate sobre o nosso futuro coletivo.

Neste número, são abordados os seguintes temas:

● Destaques

  • O PDR 2020 no Alentejo 

● Análise Regional

  • Conjuntura Regional

● Para uma Administração Local de Excelência

  • Do planeamento e da simplificação administrativa à sustentabilidade financeira das autarquias locais - iniciativas legislativas que marcam a conjuntura de 2020

● Perspetiva 2020

  •  Investimento agrícola ao abrigo do PDR2020, nos concelhos do Alentejo

● Alentejo no contexto do Portugal 2020

  • Síntese de Execução dos Programas Operacionais na Região - Situação a 30 de junho de 2020

● Alentejo 2020 - Programa Operacional regional do Alentejo 2014 - 2020

  • Investimentos em destaque
  • Síntese de Execução do Alentejo 2020 - Situação a 30 de junho de 2020

Poderá consultar a edição on-line do Boletim clicando na imagem acima, ou descarregando a versão em PDF através do link: Boletim Trimestral 38 - "Alentejo Hoje - Políticas Públicas e Desenvolvimento Regional"

 
     

 

Concurso “Cartaz 3 de dezembro – Dia Internacional das Pessoas com Deficiência”

Concurso “Cartaz 3 de dezembro – Dia Internacional das Pessoas com Deficiência”

Este Prémio pretende apoiar financeiramente e dar visibilidade ao trabalho gráfico que, através de um cartaz, sensibilize e mobilize a opinião pública para o reconhecimento dos direitos das Pessoas com Deficiência, celebrado no dia 3 de dezembro, Dia Internacional das Pessoas com Deficiência.

período de candidatura decorre até 23 de setembro e os trabalhos podem ser apresentados em nome individual ou coletivo.

Consulte aqui o Regulamento.

O 1.º Prémio no valor de três mil euros, tem o apoio do grupo El Corte Inglês, no quadro do acordo de parceria estabelecido.

Podem ser atribuídas até 2 Menções Honrosas. O vencedor e as menções honrosas, recebem peças de cerâmica atribuídas pelo CENCAL, resultado do acordo de parceria estabelecido entre o INR - Instituto Nacional para a Reabilitação e o CENCAL - Centro de Formação Profissional para a Indústria Cerâmica. Saiba mais aqui

OCS da Região Alentejo, aniversários em setembro de 2020

Aniversário em agosto 2020 OCS da Região Alentejo

 

Subcategorias