110 milhões de euros aprovados para Áreas de Acolhimento Empresarial de Nova Geração



As Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) Norte, Centro, Lisboa e Vale do Tejo, Alentejo e Algarve selecionaram 10 candidaturas a apoiar no âmbito do aviso do Programa de Recuperação e Resiliência (PRR) dirigido a Áreas de Acolhimento Empresarial de Nova Geração, num valor de 110 milhões de euros.

Os municípios de Chaves, Melgaço, Vila Real, Águeda, Guarda, Oliveira do Hospital, Rio Maior, Campo Maior, Beja e Lagos vão modernizar zonas industriais e áreas empresariais já existentes nos seus territórios, para as preparar para as transições verde e digital e garantir uma melhoria da competitividade das empresas aí instaladas.

Com esta decisão, mais de 73 milhões (66%) são dirigidos a territórios do Interior, e praticamente 37 milhões são destinados ao Litoral. Os apoios máximos a conceder distribuem-se pelas regiões da seguinte forma:

  • Norte: 30,9 milhões de euros;
  • Centro: 32,1 milhões de euros;
  • Lisboa e Vale do Tejo: 12,8 milhões de euros;
  • Alentejo: 30,1 milhões de euros;
  • Algarve: 4,1 milhões de euros.

Estes fundos podem apoiar investimentos na auto produção e armazenamento de energia renovável, ilhas de qualidade energética A+, soluções de carregamento de viaturas elétricas e abastecimento a hidrogénio, cobertura de Banda Larga Rápida (5G) em áreas do Interior com comprovada falha de mercado ou soluções de resiliência ativa a incêndios, consoante as características das AAE.

As candidaturas foram avaliadas, entre outros aspetos, tendo em conta o número de empresas instaladas e o número de postos de trabalho em cada AAE, quantos desses negócios estão associados a cadeias de logística e de que forma se articula o trabalho dessas empresas com o Sistema Regional de Inovação em questão.

Esta medida dá continuidade aos investimentos dos Programas Operacionais Regionais no âmbito do Portugal 2020 (de apoio a novas AAE e requalificação das já existentes) e será ainda complementada com apoios a AAE no âmbito do Portugal 2030.

© 2022 Copyright: DSTIC | CCDR Alentejo