CCDR Alentejo acolhe o Steering Committee do projeto + RESILIENT



Realiza-se em Évora, nos próximos dias 11 e 12 de novembro, a 7ª Reunião Transnacional doprojeto + RESILIENT.

A CCDR A acompanhou e participou, desde o início, no Projeto + Resilent, como parceiro associado, a convite da RCDI (Rede de Competências para o Desenvolvimento e a Inovação).

Trata-se de um projeto financiado pelo Programa Europeu Interreg Mediterranean, o qualvisa essencialmente melhorar o desenvolvimento regional da UE através de transferências de know-how e intercâmbio de experiências entre regiões. Visa ainda melhorar a eficácia das políticas de desenvolvimento regional e contribuir para a modernização económica e o aumento da competitividade na Europa.

O projeto + Resilient visa influenciar e adaptar positivamente os elementos estruturais da política que regem os SVRCs (Social Vocation & Customer Reaction Clusters) alavancando a dinâmica da inovação liderada pela tecnologia, disponibilização de dados e modelos bem-sucedidos com relevância e impacto social. É um projeto que envolve parceiros diversos e desde o início que fazia todo o sentido envolver um parceiro público que garantisse que o projeto fosse consonante com o Plano de Ação definido para a Região e com o previsto na RIS3 do Alentejo, no âmbito do domínio da Economia Social.

E é neste contexto que surge, desde o primeiro momento, a parceria com a CCDRA. Da metodologia de trabalho, resultou uma parceria cooperante de trabalho conjunto com diversos parceiros, tendo chegado a um produto (ação piloto) muito interessante para o cidadão que precisa de conhecer as respostas sociais disponíveis para os seus problemas – A Bússola Social é uma plataforma interativa que agrega num único sítio da Internet toda a informação sobre as respostas sociais do Alentejo Central. Foi inteiramente criada a partir dedados abertos e de dados públicos e permite identificar os serviços sociais disponíveis paraapoio a pessoas ou famílias, incluindo respostas específicas destinadas a grupos maisvulneráveis. Será um dos objetivos, alargar o território de abrangência a todo o Alentejo. A salientar o papel da Fundação Eugénio de Almeida que ficará com a gestão desta plataforma e com a enorme responsabilidade de promover a transformação desta ação – piloto num projeto sustentável, abrangendo o Alentejo.

A partilha de experiências regionais socialmente inovadoras, contribuirá também para a motivação coletiva de contribuirmos para termos uma região mais solidária, mais preocupada com as pessoas e mais desenvolvida.

O + Resilient tem um vasto conjunto de parceiros internacionais que vão estar em Portugal em 11 e 12 de novembro próximo, decorrendo as reuniões de trabalho do dia 11 na CCDRA, sob a coordenação da Rede de Competências para o Desenvolvimento e a Inovação (RCDI).

Consulte o programa aqui.

© 2021 Copyright: DSTIC | CCDR Alentejo