Cimeira Regiões Europeias para Comunidades Inteligentes e projeto AURORAL apresentados na CCDRA



A Cimeira das Regiões Europeias para Comunidades Inteligentes, inserida na Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia e que vai decorrer no Alentejo até 9 de maio, dia da Europa, foi apresentada na Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo num encontro com jornalistas que serviu igualmente para apresentar à comunicação social o projeto europeu AURORAL, coordenado pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo.

No evento estiveram presentes para além de António Ceia da Silva, Presidente da CCDRA, Marcos Nogueira, Coordenador do Projeto AURORAL e representante da região do Alentejo em Bruxelas, e Carmen Carvalheira, Vice-Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo

A Cimeira que está a decorrer no Alentejo é um momento de celebração do sucesso e das conquistas nas Comunidades Inteligentes, envolvendo   desde decisores públicos a profissionais e partes interessadas locais.

Nesse sentido, a Cúpula das Regiões Europeias para Comunidades Inteligentes reuniu com líderes locais e regionais de toda a Europa para discutir como envolver os cidadãos e as partes interessadas na promoção conjunta de Comunidades Inteligentes para um amanhã melhor.

Como região líder em inovação, a região do Alentejo pretende com esta Cimeira mostrar a sua capacidade organizativa a todas as regiões e comunidades europeias congéneres.

A Cimeira, sugerida pela Comissão Europeia, é organizada conjuntamente pelo Projecto H2020-AURORAL liderado pela CCDR Alentejo, Alentejo Europe Initiative, ADRAL – Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo, IrRADIARE Ciência para a Evolução e outros projetos e redes parceiros.

O projeto H2020-AURORAL liderado pela CCDR Alentejo, pretende posicionar o Alentejo como uma região líder no co-desenvolvimento de um novo ecossistema digital para Comunidades Inteligentes baseado na abertura, multi-interoperabilidade e descentralização.

O projeto avança em dois motores principais; o digital e o sócio económico.

 O primeiro enfoca a aceitação de soluções testadas para fornecer o “Middleware Interoperável de Corretagem de Dados” que visa integrar produtos e serviços inteligentes existentes e novos.

O segundo motivador leva à criação de uma rede densa de Comunidades Inteligentes que irão co-projetar e implementar uma plataforma de investimento comum para apoiar a sua transformação inteligente.

O PROJETO AURORAL irá demonstrar as inovações digitais em grande escala em dois tipos de áreas piloto, casos de uso e demonstradores. Os primeiros focam-se em alcançar níveis mais altos de prontidão de soluções de domínio-alvo (Agricultura, Energia, Mobilidade, Saúde, Turismo). Os segundos aplicam uma abordagem de domínio cruzado, usando o Middleware AURORAL para integrar e implementar essas soluções direcionadas.

O consórcio AURORAL reúne 25 parceiros de 10 países europeus, incluindo 8 regiões piloto: Alentejo (PT), Penedès (ES), Piemonte (IT), Sul de Burgenland (AT), Västerbotten (SE), Lapónia (FI) e Hålogaland e Nordland (NÃO).

Durante o projeto, a parceria AURORAL abre e incentiva novas autoridades públicas, empreendedores, investigadores, empresas e beneficiários finais a contribuir, adaptar, dimensionar e replicar as soluções inovadoras propostas sob uma abordagem de co-design. Ao aumentar a interoperabilidade e fornecer uma plataforma de investimento comum, o Projeto  AURORAL  permitirá que as comunidades invistam em inovação como uma forma de trazer benefícios sociais, ambientais e económicos duradouros para seus residentes.

© 2021 Copyright: DSTIC | CCDR Alentejo