Mais de 43.000 operações aprovadas nos Programas Regionais PT 2020



Está disponível para consulta e download o novo Reporte Trimestral de Monitorização Territorial com dados até junho de 2022, elaborado pela Agência para o Desenvolvimento e Coesão – AD&C.

De acordo com o Reporte, a 30 de junho de 2022, os Programas Operacionais Regionais (Continente e Regiões Autónomas) contabilizavam um total de 43.499 operações aprovadas, correspondendo a um valor global de 10.464 M€ de fundo aprovado, 6.432 M€ de fundo executado e 6.588 M€ de pagamentos.

O FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional apoiou 35.064 operações, correspondendo a 8.328 M€ de fundo aprovado, 5.106 M€ de fundo executado e 5.185M€ de pagamentos.

O FSE – Fundo Social Europeu apoiou 8.435 operações, que correspondem a 2.136 M€ de fundo aprovado, 1.325 M€ de fundo executado e 1.403 M€ de pagamentos.

Os PO Regionais do Continente registam uma taxa média de compromisso (113%) e de execução (68%), inferior à das Regiões Autónomas em termos de execução (78%).

No final do trimestre, todos os POR do Continente registavam taxas de compromisso igual ou superior a 108%, com a taxa mais alta a verificar-se no POR Centro (117%). As taxas de execução variavam entre 65% no POR Algarve e 70% no POR Lisboa.

O POR Centro foi o que observou uma evolução mais acentuada da taxa de compromisso no segundo trimestre de 2022, com um aumento de 3,1 p.p. face ao trimestre anterior.

As taxas de execução têm um comportamento semelhante em todos os PO Regionais do Continente com evoluções que variaram entre 2,8 p.p. no POR Norte e 3,5 p.p. no POR Centro.

O Reporte acompanha, com uma periodicidade trimestral, o modelo de monitorização territorial, operacional e financeira dos instrumentos territoriais (ITI/PDCT, AIDUS/PEDU e DLBC), bem como de outras intervenções e investimentos com forte incidência territorial (por exemplo, PARU para os centros urbanos complementares) e do investimento municipal.

A dimensão de territorialização da aplicação dos fundos (PO Temáticos e Regionais) tem por base a localização das operações.

Este Reporte integra-se nas atividades regulares da Unidade de Política Regional (UPR) da Agência para o Desenvolvimento e Coesão no âmbito das suas competências de acompanhamento, monitorização e avaliação das dinâmicas e políticas de desenvolvimento regional.

Consulte este e outros REPORTES em Instrumentos de Base Territorial/Monitorização.

Fonte: AD&C-UPR

© 2022 Copyright: DSTIC | CCDR Alentejo