Nasce em Beja o Hospital Privado do Alentejo



Com o objetivo de reforçar a oferta de cuidados de saúde hospitalares diferenciados, vai nascer em Beja o Hospital Privado do Alentejo, resultado de uma parceria estratégica entre a Empírica, SGPS, SA e a Siemens Healthineers.

A apresentação pública da parceria realizou-se ontem, dia 15 de setembro, em Beja, num evento que contou com a presença do Vice-Presidente da CCDR Alentejo, Aníbal Reis Costa.

 A inauguração deste hospital está prevista para o último trimestre de 2023 e corresponde a um investimento de cerca de 26 milhões de euros.

A resposta aos novos desafios da saúde, com uma forte aposta na digitalização, está entre as prioridades da estratégia de crescimento do grupo. Entre as valências, vai contar com um centro de diagnóstico avançado e com tecnologia de última geração para as áreas de intervenção minimamente invasivas, podendo dar resposta a doentes agudos e crónicos. O projeto contempla ainda uma Estrutura Residencial para Pessoas Idosas (ERPI) com 80 camas.

A unidade hospitalar vai criar 270 postos de trabalho e vai impactar 120 mil pessoas na sua área de influência direta, segundo os seus responsáveis.

O Hospital Privado do Alentejo pretende tornar-se uma unidade de saúde privada de excelência e tem a ambição de ser um prestador privado de referência em áreas como a cardiologia e a oncologia.

Este é um investimento muito desejado para a região e exemplar, no sentido de diversificar e qualificar os nossos serviços de saúde.

© 2021 Copyright: DSTIC | CCDR Alentejo