O Conselho Intersetorial da CCDR Alentejo reuniu



01.12.2016

 

O Conselho Intersetorial da CCDR Alentejo reuniu no passado dia 30 de novembro, com a presença da Secretária de Estado Adjunta e da Modernização Administrativa, Graça Fonseca, que veio apresentar o Orçamento Participativo Portugal (OPP).

Este projeto visa contribuir para a promoção da participação dos cidadãos na vida do país e das cidades e aproximar as pessoas da política promovendo maior ligação e integração entre territórios, tratando-se de um projeto pioneiro no nosso País.

Através do Orçamento Participativo Portugal, as pessoas podem decidir como investir 3 milhões de euros nas áreas da cultura, da ciência, educação e formação de adultos e da agricultura. Para a Região Alentejo estão destinados cerca de 400 mil euros, segundo a Secretária de Estado Adjunta e da Modernização Administrativa, Graça Fonseca.

Na prática, os cidadãos podem apresentar e votar em propostas de investimento a concretizar nos municípios de uma região ou a concretizar no plano nacional.

A CCDRA vai empenhar-se na divulgação da iniciativa, de modo a fomentar a iniciativa individual ou local com o objetivo de obtenção de resultados positivos para o Alentejo.

Em termos de calendário, o ciclo participativo é o seguinte:

Entre 9 janeiro e 21 de abril 2017 – apresentação de propostas;

Entre 1 de junho e 15 de setembro 2017 – votação pelos cidadãos nos projetos da sua preferência;

Em setembro de 2017 – anúncio dos projetos vencedores da primeira edição.

Foi ainda apresentada ao Conselho Intersetorial da CCDR Alentejo a Estratégia Regional de Adaptação às Alterações Climáticas no Alentejo, um projeto liderado pela CCDRA com a colaboração da Universidade de Évora e de diversos outros parceiros regionais. Esta estratégia tem sido objeto de reflexão e debate a nível regional, é um projeto de grande interesse para a Região, que vai ser candidatado a fundos europeus.

 

 

© 2021 Copyright: DSTIC | CCDR Alentejo