O Projeto AURORAL em debate na Semana Europeia das Regiões em Évora



A Semana Europeia das Regiões e Cidades foi evocada no Alentejo com duas sessões realizadas na Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região do Alentejo.

A primeira sessão decorreu na manhã do dia 12 de outubro e foi dedicada ao tema das comunidades inteligentes rurais.

Essa sessão que decorreu on-line teve a intervenção desde o auditório da CCDRA, de Carmen Carvalheira, Vice-Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo, Paula Peiró Coordenadora Executiva do Projeto H2020-AURORAL, Rui Pedro Henriques Diretor de Tecnologia da IrRADIARE e Marcos Nogueira coordenador do Projecto H2020-AURORAL

Foi abordado o conceito Open Village que tem objetivo principal incentivar as pessoas, principalmente os líderes comunitários, a tomar a iniciativa e compartilhar soluções para se adaptar às mudanças constantes e muitas vezes exigentes.

Da parte da tarde e de forma presencial, decorreu no auditório da CCDRA uma sessão que teve a participação de cerca de três dezenas de autarcas, que debateram com o Presidente da CCDRA António Ceia de Silva, a Vice-presidente Carmen Cavalheira e o Coordenador do Projeto AURORAL, Marcos Nogueira, diversos temas relacionados com o Projeto.

De referir que o projeto H2020-AURORAL teve início em janeiro de 2021 com o objetivo de contribuir para aumentar o crescimento económico nas zonas rurais e para enfrentar os desafios sociais destas zonas.

O AURORAL está a construir um novo conceito, as Comunidades Inteligentes, um novo paradigma europeu para o desenvolvimento sustentável. Estas são áreas baseadas na utilização de soluções inovadoras para melhorar a sua resiliência, aproveitando as forças e oportunidades locais.

Os principais objetivos são interligar e partilhar os dados recolhidos localmente através de um quadro seguro e de preservação da privacidade. Envolver fornecedores de tecnologia e aplicações na exploração de dados, oferecendo serviços horizontais avançados de modo a processar e criar valor a partir destes dados. Participar em novos mercados e operadores de plataformas online dinâmicos. Promover a interoperabilidade baseada em interfaces de aplicações, baseadas em normas abertas.

O ambiente digital do projeto AURORAL é demonstrado através de pilotos em 8 regiões europeias, Alentejo (Portugal) Burgenland do Sul (Áustria) Hålogaland (Noruega) – Turismo Hålogaland (Noruega) – Saúde Västerbotten (Suécia) Lapónia (Finlândia) Piemonte (Itália) Penedès (Catalunha, Espanha).

© 2021 Copyright: DSTIC | CCDR Alentejo