Sessão de Apresentação Pública do projeto “Alentejo_Clima em Escassez Hídrica”



Agência Portuguesa do Ambiente, em parceria com a Associação de Defesa do Património de Mértola, apresenta publicamente o projeto “Alentejo_Clima em Escassez Hídrica”, no dia 1 de outubro – Dia Nacional da Água – pelas 15h00, em sessão online que será transmitida em streaming nas redes sociais.

Com uma duração de 24 meses (a conclusão do projeto será em 31 de março de 2023), este projeto é cofinanciado pela União Europeia, através do Programa Operacional Alentejo 2020, envolvendo um investimento total elegível de € 234.399, beneficiando de apoio através do Fundo Social Europeu, no montante de € 199.239,15.

projeto “Alentejo_Clima em Escassez Hídrica” visa capacitar e sensibilizar diferentes atores da região do Alentejo para intervir no território, em prol da adaptação às alterações climáticas e, em especial, da melhoria da gestão dos recursos hídricos.

Portugal enfrenta grandes desafios no que diz respeito à escassez hídrica, e a região do Alentejo em particular, devido às variações climáticas inerentes ao seu clima mediterrânico e, neste contexto, urge atuar com vista à adaptação do território às alterações climáticas.

Atendendo ao trabalho que é necessário ainda fazer neste campo, o projeto “Alentejo_Clima em Escassez Hídrica” irá promover várias ações de capacitação sobre aspetos-chave, como a melhoria da gestão da água na origem e a conservação das linhas de água e serão também desenvolvidos conteúdos e ferramentas para sensibilizar e educar diferentes públicos, nomeadamente técnicos e decisores na sociedade civil.

Salienta-se ainda pela sua importância, que este projeto atuará ainda na dinamização de duas redes colaborativas dedicadas à promoção da adaptação às alterações climáticas na região, uma ao nível das autarquias e outra ao nível das escolas. Com esta iniciativa pretende-se reforçar a capacidade regional de adaptação às vulnerabilidades decorrentes dos impactos das alterações climáticas e, ao mesmo tempo, contribuir para a resiliência das comunidades e uma maior assertividade nos processos de decisão locais.

Para abordar a problemática da escassez hídrica e a sua particular relação com a gestão dos Recursos Hídricos, a sessão contará com a participação do Professor António Chambel, Doutorado em Hidrogeologia e docente do Departamento de Geociências da Universidade de Évora, tendo exercido o cargo de Presidente da Associação Internacional de Hidrogeólogos (IAH), entre 2016 e 2020 e de membro do Conselho Mundial da Água, entre 2015 e 2020.

A participação é gratuita, mas está sujeita a inscrição, através do preenchimento do seguinte formulário.

Fonte: Agência Portuguesa do Ambiente – APA

© 2021 Copyright: DSTIC | CCDR Alentejo